terça-feira , dezembro 12 2017
Home / Alagoas / Instituições privadas de Ensino Superior alagoanas estão entre as piores do país

Instituições privadas de Ensino Superior alagoanas estão entre as piores do país

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira, dia 13, o resultado do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)  que colocou oito universidades particulares de Alagoas entre as piores do Brasil.

As Instituições de Ensino Superior (IES) que ficaram com nota 2 no Índice Geral de Cursos(IGC) são a Faculdade de Ciências Jurídicas de Maceió, o Instituto de Ensino Superior Santa Cecília, Faculdade Raimundo Marinho  e Maceió e Penedo, Faculdade de Ensino Regional Alternativa, Instituto de Ensino Superior de Alagoas, Faculdade da Cidade de Maceió e o Instituto Batista de Ensino Superior de Alagoas.

A nota das avaliações varia entre 1 a 5. Porém as IES que obtém notas entre 1 e 2 podem sofrer algum tipo de punição que pode chegar até à proibição da realização de novos vestibulares até que as adequações sugeridas sejam colocadas em prática.

Já a Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) e a Universidade Federal de Alagoas (UFal) todas públicas de cunho estadual e federal obtiveram uma média 3, que segundo o MEC configura a média nacional.

No total foram avaliadas em todo o país 2.109 instituições de ensino superior , ficando 313 com avaliação insatisfatória, medida por meio do IGC.

O IGC

O IGC é o indicador oficial de qualidade do ensino superior no Brasil, é calculado todos os anos e é de responsabilidade do MEC. A mais recente avaliação, do ciclo de 2015, cujos resultados eram aguardados no fim de 2016 foi agora divulgada .

Um dos aspectos levados em conta no IGC é a média dos CPCs (Conceito Preliminar de Curso) do último período de três anos (triênio). O CPC também é um indicador de qualidade, mas referente aos cursos de graduação oferecidos pelas instituições de ensino superior.

No último triênio foram avaliados cursos de administração, administração pública, ciências contábeis, ciências econômicas, design, direito, jornalismo, psicologia, publicidade e propaganda, relações internacionais, secretariado executivo, tecnologia em comércio exterior, tecnologia em design de interiores, tecnologia em design de moda, tecnologia em design gráfico, tecnologia em gastronomia, tecnologia em gestão comercial, tecnologia em gestão de qualidade, tecnologia em gestão de recursos humanos, tecnologia em gestão financeira, tecnologia em gestão pública, tecnologia em logística, tecnologia em marketing, tecnologia em processos gerenciais, teologia e turismo.  O CPC é calculado no ano seguinte à realização do Enade.

As avaliações são divididas entre universidades, institutos federais, centros universitários e faculdades.

Enade 2017

Nesta edição, com aplicação em 26 de novembro, o Enade vai avaliar aos estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de: Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia e Sistemas de Informação; dos cursos que conferem diploma de bacharel e licenciatura nas áreas de Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras-Português, Matemática e Química; dos cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de Artes Visuais, Educação Física, Letras-Português e Espanhol, Letras-Português e Inglês, Letras-Inglês, Música e Pedagogia; e dos cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão da Produção Industrial, Redes de Computadores e Gestão da Tecnologia da Informação.

Confira aqui o resultado completo da avaliação.

 

Com Inep e Exame

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *