segunda-feira , dezembro 11 2017
Home / Alagoas / Estado de Alagoas ultrapassa meta de vacinação contra a Influenza

Estado de Alagoas ultrapassa meta de vacinação contra a Influenza

b168b0321ba46b2e54eb6e557b53d0e0_XLAlagoas ultrapassou a meta de vacinação contra a influenza e, durante a campanha deste ano, imunizou 91,62% do público-alvo estipulado pelo Ministério da Saúde (MS), que corresponde a 90% das 684.523 pessoas preconizadas. Isso representa que 629.040 pessoas foram vacinadas nos 102 municípios, que, segundo orientação do Programa Nacional de Imunização (PNI), podem continuar vacinando até o término das doses destinadas ao Estado.

Além de Alagoas, o Ministério da Saúde (MS) informou que o Paraná, Pernambuco e Amapá alcançaram a meta de vacinação contra a influenza. Em nível nacional, o Brasil vacinou, até a manhã desta quinta-feira (22), o equivalente a 85,88% do público-alvo, que corresponde a 37.567.212 pessoas das 43.973.009 que deveriam ser vacinadas durante a campanha deste ano.

Dos 102 municípios alagoanos, 74 alcançaram cobertura maior que 90% e 23 cidades vacinaram mais que 80% e menos que 90%. Ainda de acordo com dados do PNI, outros três municípios vacinaram mais de 70% do público-alvo e menos que 80% e dois imunizaram menos de 70% do público-alvo, que são crianças entre seis meses a menores de cinco anos, idosos, gestantes, puérperas, professores das redes pública e privada, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas e os reeducandos.

Para o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, o fato de Alagoas estar entre os quatro estados brasileiros que cumpriram a meta de vacinação contra a influenza, mostra que as gestões estadual e municipais de saúde trabalharam em parceria para assegurar a proteção do povo alagoano contra as doenças infectocontagiosas. “A equipe técnica do PNI estadual prestou toda a assistência técnica necessária aos municípios e atuou na logística da distribuição das vacinas e insumos para que alcançássemos a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Com o apoio do Cosems [Conselho das Secretarias Municipais de Saúde], conseguimos ultrapassar os 90%, o que mostra a seriedade que a saúde pública vem sendo tratada em Alagoas”, salientou.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde protege contra os três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). De acordo com a técnica do PNI, Claudeane Nascimento, a vacina é segura e considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe.

“O organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, por isso a campanha este ano foi realizada antes do inverno”, salientou Claudeane Nascimento. Ela enfatizou que a transmissão do vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, que geralmente são eliminadas quando uma pessoa contaminada fala, tosse ou espirra.

Incidência

De acordo com dados da Assessoria Técnica das Doenças Imunopreveníveis da Sesau, Alagoas já notificou 40 casos suspeitos da Influenza, com cinco mortes. Deste total, nove foram descartados e um óbito foi confirmado.

 

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *