quarta-feira , maio 23 2018
Home / Alagoas / Cresce número de domicílios com acesso à internet em Alagoas em 2017, diz IBGE

Cresce número de domicílios com acesso à internet em Alagoas em 2017, diz IBGE

Data: 26/04/2018

ggggggggggO número de domicílios com acesso à internet em Alagoas em 2017 foi maior que o do ano anterior, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

600 mil casas estavam conectadas à grande rede no ano passado, enquanto em 2016 eram 506 mil.

O estudo foi feito com base nos números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua).

Ainda segundo o levantamento, o aparelho mais utilizado para acessar a internet foi o celular. O uso dele passou de 45,6% em 2016 para 53,7% no ano passado. Também houve crescimento no percentual de TVs conectadas. No período, o índice passou de 3,6% para 5,4%.

Por outro lado, o uso de computadores e tablets para navegar pela grande rede teve uma queda no período. No caso dos microcomputadores, o percentual foi de 25% para 23,2%. Já para os tablets, de 6,5% para 5,8%.

Em nível nacional, também houve aumento no número de domicílios conectados. O índice cresceu de 63,6% para 70,5%.

Posse de bens

Os números divulgados pelo IBGE mostram também que, com relação à posse de bens e serviços, o aparelho celular vem ocupando cada vez mais espaço no estado. Em 2017, 90,2% das casas dos alagoanos, o que corresponde a 983 mil residências, tinham ao menos um telefone móvel.

Chama a atenção também que o percentual de casas com televisão se manteve inalterado entre 2016 e 2017 (96,9%). No ano passado, mais da metade desses aparelhos era de tela fina (53,3%).

Já os domicílios com carros ou motos registraram leve queda entre 2016 e 2017. O índice de casas com ao menos um carro na garagem passou de 23,3% para 23,2%, e no caso das motos, de 22,2% para 21,1%.

Distribuição de água

O número de residências que recebem água encanada no estado diariamente caiu entre 2016 e 2017, passando de 79,7% para 74,8%.

Este desempenho segue a tendência nacional, puxada pela crise hídrica, que caiu 0,6% de um ano para outro. Eram 86,7% em 2017.

Dentro da região Nordeste, Alagoas ocupa a 4ª colocação nesse quesito. Na região, a melhor situação é no Piauí, com 91,3% das residências recebendo água diariamente. O pior índice é o de Pernambuco, com apenas 38,1% dos domicílios com abastecimento diário.

População

No estado, a maioria da população até 2017 era composta por pessoas com idades entre 30 e 39 anos (507 mil habitantes). Em seguida, vem o grupo de pessoas com 5 a 13 anos (482 mil) e com 60 anos ou mais (456 mil). Os mais idosos, com mais de 65 anos, somavam 312 mil pessoas.

Fonte: G1

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *