quarta-feira , agosto 22 2018
Home / Esportes / Paquetá e Ribeiro marcam golaços e Fla lidera o Brasileiro

Paquetá e Ribeiro marcam golaços e Fla lidera o Brasileiro

Data: 06/05/2018
5aef68a31f712A tarde marcou a volta de Paolo Guerrero aos gramados, aos 13 minutos do segundo tempo, depois de seis meses e meio. Porém, quem roubou a cena foram os jovens do Flamengo. Vinícius Júnior incomodou, mas Lucas Paquetá decidiu. Em uma grande partida do camisa 11, o Flamengo furou a retranca do Internacional e venceu por 2 a 0, com dois golaços, um do jovem e outro de Everton Ribeiro neste domingo, no Maracanã. O resultado mantém o Rubro-Negro na liderança isolada do Campeonato Brasileiro, com 10 pontos em quatro jogos. Já os gaúchos, que retornaram neste ano para a primeira divisão nacional, segue um calvário. Quatro pontos em quatro jogos e três partidas sem sequer balançar as redes do rival. Maurício Barbieri, por sua vez, segue invicto. Já são oito jogos e nada de derrotas.

CHAMA OS MOLEQUES

A cada partida do Flamengo, fica mais nítida a necessidade e importância dos jovens Vinícius Júnior e Lucas Paquetá. A dupla tem chamado o jogo e não foge da responsabilidade. Fisicamente, Paquetá evoluiu bruscamente e foi onipresente em quase todo o jogo. Os dois foram os que mais incomodaram a defesa do Inter. E o no talento, depois do rebote de falta, o camisa 11 acertou foi premiado com um golaço. A fase é incrível.

ELE VOLTOU!

Após seis meses e meio, Paolo Guerrero voltou a entrar em campo com a camisa do Flamengo. Depois de um primeiro tempo de erros de finalização e um início de segunda etapa com falhas, ele entrou na vaga de Henrique Dourado. Foram pouco mais de 30 minutos em campo, mostrou boa movimentação e vontade. Faltou rimo de jogo.

FALTOU CAPRICHO

No primeiro tempo, o Flamengo foi mais ativo que o Internacional. Com domínio total da partida, o Rubro-Negro errou muito na hora de concluir em gol. Geuvânio errou muitos passes. Paquetá organizou o meio, mas concluir em gol era difícil. Apostou em muitos cruzamentos e, o Inter bem postado, foi efetivo na defesa. Os gaúchos pouco chegaram. Duas vezes e ambas com Damião, mas Diego Alves impediu o pior.

PREMIADO TAMBÉM

Não só os jovens que fizeram uma grande partida. Everton Ribeiro também foi um dos destaques. Com a partida já nas mãos, o camisa 7 foi premiado com um lindo gol. Merecido pela grande partida.

VALE DESTAQUE

Apesar da vitória, o Flamengo sofreu em alguns momentos. O Internacional quando chegou foi perigoso, mas no gol rubro-negro tinha Diego Alves. O goleiro fez pelo menos quatro boas intervenções que impediram a equipe de ser derrotada.

EMPURRADO PELA TORCIDA

O Flamengo voltou para a segunda etapa querendo mudar a proposta de jogo. O Inter não. Por isso, seguiu da mesma forma o confronto, com o Colorado com um ferrolho defensivo e o Fla não conseguindo infiltrações. Bolas paradas e cruzamentos viraram a principal arma. Entretanto, a equipe não estava nos melhores dias para alçar bolas e o Inter se manteve firme no jogo aéreo. Mas água mole e pedra dura…E no embalo da torcida, e na raça de Paquetá, enfim o o gol. De bola parada.

PARA QUE ISSO POTTKER?

Nervoso após tomar o gol, o Internacional saiu para o jogo e Odair Hellmann tirou sua equipe da defesa. Porém, cinco minutos depois, William Pottker colocou tudo a perder ao ir para cima de Renê e ainda desferir uma cabeçada em Vinícius Júnior. Com isso, sem poder de reação, o Colorado ficou presa fácil e chega a quarta partida sem marcar.

TABELA

Na próxima rodada, o Flamengo vai até Chapecó para encarar a Chapecoense, no domingo, enquanto o Internacional faz o clássico com o Grêmio, um dia antes. No meio de semana, o Fla tem compromisso pela Copa do Brasil, diante da Ponte Preta, na quinta, em casa.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 0 INTERNACIONAL

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6/5/2018, às 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)
Cartões amarelos: Henrique Dourado, Cuéllar, Lucas Paquetá, Geuvânio (FLA); Rodrigo Dourado, Fabiano, Cuesta, Brenner (INT)
Cartões vermelhos: William Pottker, 33’/2ºT
Gols: Lucas Paquetá, 25’/2ºT (1-0); Everton Ribeiro , 41’/2ºT (2-0);
Público e renda: 55.283 pagantes / 60.182 pagantes / R$ 1.415.585,00

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro, Geuvânio (Jean Lucas, 39’/2ºT), e Vinícius Júnior; Henrique Dourado (Guerrero, 13’/2ºT). Técnico: Maurício Barbieri.

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes, Fabiano, Victor Cuesta, Rodrigo Moledo e Iago; Gabriel Dias (Brenner, 29’/2ºT), Rodrigo Dourado, Patrick e D’ Alessandro; William Pottker e Leandro Damião (Lucca, 17’/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.

Fonte: Terra

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *