quinta-feira , dezembro 13 2018
Home / Penedo / Furto de água deixa comunidades desabastecidas em Penedo

Furto de água deixa comunidades desabastecidas em Penedo

Data: 08/12/2018

ppppppppppppp
Gestores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Penedo, município que fica localizado na região do Baixo São Francisco de Alagoas, estão investigando desvios clandestinos de água que deixaram os povoados Itaporanga e Marizeiro desabastecidos.

Os gestores entraram em alerta após constatarem na sexta-feira (7) o esvaziamento da estação de tratamento, fato que resultou na suspensão da distribuição de água para 74 famílias que vivem nos dois povoados porque o nível do líquido ficou abaixo do mínimo necessário para o funcionamento da bomba de captação.

Em um vídeo registrado por funcionários do SAAE é possível observar o baixo volume de água da estação de tratamento, comprometendo assim a captação e distribuição do líquido para a população. (Veja acima o vídeo).

Em nota encaminhada à imprensa pela assessoria de comunicação do SAAE Penedo, o diretor de Operações da autarquia, Marcelo Salgueiro, expôs que o problema no abastecimento das comunidades foi motivado pelo furto de água que vem ocorrendo ao longo da rede que atende a comunidade rural Marizeiro.

“Isso é resultado dos furtos em nossa rede de abastecimento porque a estação da Itaporanga tem capacidade para fornecer doze mil litros de água por hora, volume suficiente para atender um conjunto habitacional com 500 casas por dia”, explica Salgueiro ao relatar que o desvio é cometido por pessoas que furtam água da rede durante a noite para irrigar pastos, plantações e encher reservatórios de propriedades rurais.

Diante da situação o diretor interino do SAAE, Francisco Guerra, informou que uma operação será realizada para tentar identificar e punir os responsáveis pelos furtos de água na região.

“O que mais nos deixa indignados é que esse tipo de situação acontece por ação de pessoas que têm a capacidade de deixar vizinhos e até moradores de suas fazendas sem água, cometendo furtos na calada da noite, difíceis de serem flagrados. Na próxima semana faremos rondas noturnas com a polícia para tentar coibir tais crimes”, expôs Guerra.

Fonte: G1/AL

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *