sexta-feira , agosto 23 2019
Home / Destaque / Superação sertaneja: perdendo por 2×0, CEO cresce e arranca empate com o ASA

Superação sertaneja: perdendo por 2×0, CEO cresce e arranca empate com o ASA

Data: 27/01/2019

201901271823_d4dc847e67
O ‘sertanejo’ não desiste nunca! O CEO mostrou isso na tarde deste domingo (27), no Estádio Edson Matias, em Olho d’Água das Flores, ao buscar o empate depois de estar perdendo por 2×0 para o ASA, pela 2ª rodada do Campeonato Alagoano. Os atacantes Ciel e Betinho deixaram o Alvinegro na boa e, no segundo tempo, o centroavante Roger diminuiu e o lateral esquerdo Luciano deixaram tudo igual no Alto Sertão de Alagoas.

Após o fim da segunda rodada, o CEO aparece na 7ª posição do Estadual, enquanto que o ASA estaciona uma posição acima. No sábado (2), às 16h, no Edson Matias, o time olhodaguense receberá o Dimensão Capela. Já o Fantasma tentará conquistar sua primeira vitória no clássico contra o Coruripe, no Coaracy da Mata Fonseca.

Superioridade alvinegra

Precisando ser eficiente na frente e consistente atrás, o técnico estreante, Alysson Dantas, do ASA, surpreendeu ao colocar o zagueiro André Nunes improvisado na lateral direita. O jogo começou com as duas equipes tentando abrir o placar.

O Fantasma assombrou a defensiva do Tricolor com o atacante Betinho antes do primeiro minuto, mas o goleiro Fernando encaixou sem nenhum problema. A resposta mais aguda do CEO veio aos 8 minutos, com o meio campista César, que meteu um tirambaço da intermediária, assustando o arqueiro Marcão.

A partida continuou na mesma intensidade até que o velho Ciel achou um gol aos 34 minutos, após cobrança de escanteio do lateral esquerdo Léo Campos: 1×0 ASA. O gol fez o time do Sertão se atirar ainda mais ao ataque. Inclusive, acabou o primeiro tempo com o discurso: “Sofremos o gol ali num vacilo. Agora é ouvir o que o professor vai falar para voltar melhor e conseguir virar”, disse o meia João Grilo.

A volta por cima do CEO

No entanto, a segunda etapa começou com o ASA buscando ampliar o marcador e conquistar os três primeiros pontos.  E o segundo tento chegou aos 10 minutos, novamente após cobrança de escanteio. Ciel bateu e Betinho conferiu: 2×0.

De imediato, o técnico Carlos Humberto sacou o lateral esquerdo Baiano e colocou Walber, que embora tenha seja da mesma posição, é mais ofensivo. Foi então que o caldo engrossou para o Alvinegro de Arapiraca. Aos 29 minutos, mais um dos muitos escanteios a favor do CEO, porém, este com final diferente. Aurélio jogou no meio da área, ninguém aproveitou pelo alto e a bola acabou sobrando para o lateral Luciano, que bateu mascado e fuzilou a rede alvinegra.

Quando o relógio apontou 38 minutos, a estrela de Walber brilhou. Arrancada fulminante dele pela lateral direita de ataque e cruzamento no maio da área. A redonda sobrou para Roger, que mesmo de costas, deu um jeito de acertar o gol defendido por Marcão.

A partida contou ainda com duas expulsões, uma de cada lado. O zagueiro Willames José levantou a perna na altura do peito de João Grilo e foi ao vestiário mais cedo. Tomando como exemplo, o meia César impediu o contra-ataque do ASA, levou o segundo amarelo e, na sequência, o vermelho. Fim de jogo com festa dos torcedores do time da casa e frustração entre os visitantes.

 

 

Fonte: Gazetaweb

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *