segunda-feira , junho 24 2019
Home / Alagoas / Concurso Sefaz-AL: edital depende de aval da Procuradoria

Concurso Sefaz-AL: edital depende de aval da Procuradoria

Data: 20/05/2019

csm_sefaz-al__foto_ascom_sefaz_6a520d8e94
Falta pouco para a Secretaria de Fazenda do Alagoas (Sefaz-AL) realizar o seu concurso para auditores. De acordo com o órgão, o edital da seleção depende agora do aval da Procuradoria Geral do Estado (PGE-AL).

“Estamos aguardando a resolução da pendência jurídica junto a Procuradoria Geral do Estado”, afirmou a Sefaz-AL em resposta à FOLHA DIRIGIDA.

A declaração da Sefaz-AL foi dada ao ser perguntada sobre a oficialização da banca organizadora e a previsão de publicação do edital do concurso. Sendo assim, com um parecer favorável da PGE-AL, o documento poderá ser publicado, para o início da seleção.

Ao todo, 85 vagas estão previstas, cinco mais do que anunciado anteriormente. O número de oportunidades foi divulgado em um despacho assinado pelo procurador geral de Alagoas, Francisco Malaquias de Almeida Júnior.

No documento assinado, em fevereiro, o procurador indica o aumento no número de vagas para o concurso Sefaz-AL. Além disso, o texto aponta o nome do Cebraspe como provável organizadora da seleção.

Ainda conforme o documento, a proposta é que sejam oferecidas 60 vagas para auditor fiscal da receita estadual e 25 para auditor de finanças e controle de arrecadação da fazenda estadual. Ambos os cargos exigem o nível superior em qualquer área.

O aumento do número de vagas, no entanto, deverá ainda ser autorizado, tendo em vista que isso pode alterar o valor do contrato com a banca. Tanto a PGE quanto a Sefaz-AL ainda não confirmaram se o processo para escolha da empresa está homologado, embora o texto do despacho indique que o Cebraspe pode ser o escolhido.

Concurso Sefaz-AL prevê ganhos até R$9 mil

No início do mês de fevereiro, o governador de Alagoas Renan Filho, anunciou que o edital para auditores sairia entre fevereiro e março, o que não ocorreu. A previsão para aplicação das provas, segundo a secretaria, será de, pelo menos, 90 dias após a publicação do edital.

Para o auditor de finanças a remuneração inicial é de R$8.050. No caso de auditor fiscal, o valor chega a R$9 mil. A Sefaz-AL já divulgou que os candidatos deverão ser submetidos a provas objetiva e discursivas.

O último concurso Sefaz-AL foi realizado em 2002. Na época, as oportunidades foram para fiscal de tributos estaduais, agente controlador de arrecadação e técnico de finanças.

 

 

 

Fonte: Folha Dirigida

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *