segunda-feira , setembro 23 2019
Home / Alagoas / Número de mortes por influenza em Alagoas sobe para oito

Número de mortes por influenza em Alagoas sobe para oito

Data: 12/06/2019

7685332_x720

O mais recente boletim sobre influenza (gripe) em Alagoas divulgado nesta terça-feira (11) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) mostra que o número de mortes aumentou para oito e de casos confirmados subiu para 78. A oitava vítima da gripe, uma menina de 4 anos, morreu nesta terça.

Hilary Sophia Félix de Oliveira ficou internada dez dias no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, segundo amigos da família.

Em relação ao levantamento anterior, o número de mortes passou de sete para oito e de casos confirmados aumentou de 77 para 78.

Evolução da influenza em Alagoas – 2019
de 1º de janeiro a 29 de abril: 10 casos confirmados e uma morte;
até 22 de maio: 35 casos confirmados e duas mortes;
até 27 de maio: 56 casos confirmados e quatro mortes;
até 6 de junho: 77 casos confirmados e sete mortes;
até 11 de junho: 78 casos confirmados e oito mortes.

Vacinação

  • Vacina da gripe é eficaz? Tire dúvidas

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina de 2019 protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul. A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença.

Alagoas atingiu a meta do Ministério da Saúde na Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que foi encerrada na última sexta-feira (31).

A Secretaria Municipal de Saúde de Maceió (SMS) informou que dois grupos prioritários ainda não atingiram a meta de vacinação na capital, as crianças e as gestantes.

De acordo com os dados da SMS, a meta geral de vacinação em Maceió chegou a 93,48% até esta segunda, mas a meta das crianças só alcançou os 75,33% e a das gestantes só chegou aos 76,54%. A meta do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário.

 

 

 
Fonte: G1/AL

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *