segunda-feira , dezembro 9 2019
Home / Cultura / Circuito Penedo de Cinema gera empregos e movimenta economia da cidade

Circuito Penedo de Cinema gera empregos e movimenta economia da cidade

Data: 04/12/2019

circuito-penedo-cinema-divulgacao-9
O Circuito Penedo de Cinema concluiu sua 9ª edição com um saldo positivo para a economia da cidade histórica. Durante sete dias, o evento de projeção nacional proporcionou entretenimento, educação e cultura, tudo com acesso gratuito.

De acordo com o coordenador do evento, o professor Sérgio Onofre, o festival gerou mais de 100 empregos temporários somente com pessoal responsável pela execução de toda a programação do Circuito e ainda houve a contratação de mão-de-obra externa.

“Na equipe de montagem são 15 pessoas que ficam aqui para montar e desmontar essa estrutura. Na equipe de bombeiros são 20 que se revezam nos três turnos do evento. Tem também o pessoal da segurança privada que dá um suporte interno, e todos esses serviços são locais”, destacou Onofre em notícia divulgada pela assessoria do festival que selecionou bandas e artistas alagoanos para a programação cultural.

Desenvolvimento Local

Ainda segundo a produção do festival, um dos propósitos do evento é contribuir com o desenvolvimento local. Por isso, tudo foi pensado para que o investimento do Circuito fosse gasto na própria cidade.

“Todo o material de impressão, papelaria, banners, tudo isso já é feito aqui na própria cidade, esse ano parte da estrutura foi uma empresa local que fez, então a gente tem buscado parcerias do comércio local, porque a gente quer que o recurso fique em Penedo e que faça movimentar essa máquina do turismo local”, explica Sérgio Onofre.

Ele ressalta também a importância de se investir no turismo de eventos em Penedo e menciona a reforma de parte do patrimônio situado no Centro Histórico, projeto que recuperou e modernizou locais com auditórios que podem receber eventos de médio porte.

Apesar dos investimentos realizados pela Prefeitura de Penedo em parceria com o Iphan Alagoas, “é preciso que os empresários enxerguem esse ramo como uma oportunidade e abram pousadas, albergues, ou um grande hotel, um grande resort, que cabe perfeitamente nessa linda região”, acrescenta Sérgio Onofre.

Hotéis lotados

A jornalista Renata Menezes, residente em Maceió, decidiu de última hora ir a Penedo, prestigiar o Circuito no fim de semana. Tentou conseguir hospedagem em local próximo da Sala de Exibições, sem sucesso. “A pousada onde fiquei é um pouco longe do evento. Liguei para várias mais próximas, mas estavam todas lotadas. E por pouco não encontrei essa vaga, porque lá estava bem cheio também”, comentou a visitante.

A movimentação de pessoas nos meios de hospedagem, no Centro Histórico e nos restaurantes, bem como a presença dos ambulantes nos arredores da Praça 12 de Abril – onde tudo acontece durante o festival -, não deixa dúvidas de como é vantajoso para a cidade receber um evento dessa natureza.

Tawan Jesus é sobrinho do dono de um bar próximo da Sala de Exibições. Ele comentou que nos dias do Circuito o fluxo de clientes no estabelecimento chega a ser cinco vezes maior que o normal. “Vale muito a pena ter esse evento aqui. O Cinema traz muita gente pra cá, não só aqui [Praça], mas em Penedo inteiro. Ganham as pousadas, os restaurantes, os mercadinhos. É um negócio tão bom que roda o comércio de Penedo todinho”, afirmou.

Vendeu tudo

O vendedor de espetinhos de queijo, Juca Love, também marcou presença durante o Circuito. Com seu jeito espontâneo e alegre, disse que, desde o primeiro dia do evento estava “vendendo tudo, abalando tudo, ‘pocando’ tudo, estrondando com tudo”. Ainda enfatizou gostar muito quando o Cinema vai a Penedo, pois além das vendas, as pessoas demonstram empatia e respeito, dizendo palavras de conforto e isso o deixa emocionado.

Já o comerciante Manoel, que vende batata-frita, monta sua barraca onde houver festas abertas ao público. Ele informou que, no mesmo fim de semana do Circuito, outros dois eventos estavam acontecendo na região, mas havia optado por ficar na Praça 12 de Abril, pois o lucro que tem durante o festival é maior que nos outros locais. E ainda contou que esteve presente em todas as edições anteriores.

“Eu vendo aqui desde o início, quando a tela do cinema ainda era pequena”, lembrou o ambulante, com carinho do Circuito Penedo de Cinema, evento realizado pelo Instituto de Estudos Culturais, Políticos e Sociais do Homem Contemporâneo (IECPS); Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e Universidade Federal de Alagoas (Ufal), com patrocínio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), da Prefeitura de Penedo e do Sebrae Alagoas.

 

 

 

por Tayane Barreto/divulgação Circuito Penedo de Cinema, com edição do Departamento de Comunicação da Prefeitura de Penedo
Fotos Divulgação

Compartilhe com seus amigos
Share on FacebookTweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone