.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

Bolsonaro diz que chance de cirurgia está ‘afastada’

O presidente Jair Bolsonaro afirmou no final da tarde desta quinta-feira que a possibilidade de cirurgia para desobstruir seu intestino está descartada no momento. Em entrevista à TV “A Crítica”, do Amazonas, Bolsonaro e seu médico, Antonio Macedo, disseram que houve melhora no quadro clínico.

De acordo com Macedo, existe a expectativa de que seja retirada a sonda nasogástrica (tubo que vai do nariz ao aparelho digestivo) já que o intestino do presidente voltou a funcionar.

Cheguei aqui no dia de ontem, com indicativo muito forte para cirurgia, tendo em vista que foi constatada uma obstrução intestinal. Isso tudo aconteceu dada a facada que eu recebi e das quatro cirurgias. Essa obstrução é sempre um risco muito alto. Mas, de ontem para hoje, evoluiu bastante esse quadro, então a chance de cirurgia está bastante afastada — afirmou o presidente.

O médico Antonio Macedo confirmou que a obstrução intestinal é uma consequência do atentado sofrido pelo presidente ainda durante a campanha de 2018, quando sofreu uma facada em Juiz de Fora. Segundo Macedo, apesar de ter se recuperado bem desde 2019, o abdômen do presidente permanece com algumas aderências que podem causar obstruções no intestino.

— A cirurgia, em princípio está afastada, uma vez que o intestino voltou a funcionar e o abdomen está mais flácido e mais funcionante — disse Macedo.

Segundo o médico, Bolsonaro por enquanto vem se alimentando com uma dieta líquida.

— O presidente hoje melhorou, ele ainda está com sonda gástrica, estamos estudando a retriada da sonda, porque os barulhos do abdômen são bons e aquela área obstruída do lado esquerdo, fruto de aderências e consequê ncia de toda essa complicação que ele teve, já está mais permeável, palpável, já está mais absorvida. E isso pode permitir a nós a retirada da sonda gástrica, mantendo ainda uma dieta líquida para assegurar que não haja mais nada — afirmou.

 

Fonte: O Globo

 

Compartilhe com seus amigos