.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

Bolsonaro intercedeu por liberação de insumos da cloroquina

Foto: Reuters

Jair Bolsonaro atuou diretamente pela liberação de insumos da cloroquina durante ligação para o primeiro ministro da Índia, Narendra Modi, em abril do ano passado. O medicamento, amplamente defendido pelo presidente para o tratamento da covid-19, é comprovadamente ineficaz para tratar o coronavírus. A informação é do jornal O Globo.

De acordo com documento obtido pelo jornal carioca, Bolsonaro citou nominalmente as empresas EMS e Apsen ao solicitar a autorização para a exportação dos produtos.

As duas empresas são comandadas por empresários que apoiam o presidente. Renato Spallici, presidente da Apsen, sempre deixou claro nas redes sociais que é simpatizante do governo Bolsonaro. Ele foi convocado na última quarta-feira para depor na CPI da Covid.

Já Carlos Sanchez, CEO da EMS, participou de reuniões com Bolsonaro no Palácio do Planalto e também esteve em jantar promovido por empresários em São Paulo para o presidente.

Para o senadores da CPI da Covid, a ligação de Bolsonaro para Modi é uma prova importante do envolvimento do presidente com a promoção do medicamento sem eficácia.

 

Fonte: Terra

 

Compartilhe com seus amigos