.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

Brasil tem mais de 3,7 mil mortes pelo 3º dia seguido

Foto: Reuters

O Brasil registrou nesta quinta-feira (1º) mais 3.769 mortes provocadas pelo novo coronavírus Sars-CoV-2, elevando o total para 325.284, de acordo com o boletim divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Este é o terceiro maior número de óbitos em um dia: ontem (31) foram contabilizados 3.869 vítimas e na última terça-feira (30) foram 3.780 vidas perdidas.

O país ainda soma 12.839.844 contágios, com um acréscimo de 91.097 novos casos em um dia.

Com a atualização dos dados, a média móvel de mortes atingiu novo recorde, de 3.117 nos últimos sete dias. Os máximos patamares estão ocorrendo desde o dia 25 de março. Já a média de casos registrou uma queda, passando de 75.616 para 74.239.

O consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL levantou, junto às secretarias estaduais de Saúde, 3.673 mortes e 89.459 casos nas últimas 24 horas. Ao todo, os veículos de imprensa registraram 325.559 mortes e 12.842.717 infecções pelo novo coronavírus.

A taxa de letalidade está em 2,5%, enquanto que a incidência continua aumentando e chegou a 6.066,6 para cada 100 mil habitantes.

O estado de São Paulo é o mais afetado pela pandemia em números absolutos de contágios, com 2.496.416 casos. Hoje, inclusive, o território bateu recorde diário de infecções, com 26.567 pessoas diagnosticadas. Na sequência aparecem Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Já entre os territórios brasileiros com mais mortes, São Paulo também lidera com 75.734 vítimas, um acréscimo de 1.082 mortes entre ontem e hoje. No Top 5 estão ainda Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

O estado fluminense, no entanto, é o que tem a maior letalidade, 5,7%.

 

Fonte: Terra com informações da Ansa e do Estadão Conteúdo

 

Compartilhe com seus amigos