.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

JN dispara no Ibope com covid-19 e panelaços

Esqueça as tentativas de boicotagem ao Jornal Nacional. As mobilizações dos antiGlobo nunca surtiram efeitos relevantes e agora se mostram um completo fiasco. Por conta da cobertura especial da epidemia do novo coronavírus e da exibição diária dos panelaços contra Jair Bolsonaro, o telejornal registra recordes de audiência.

Na terça-feira (17), marcou sua melhor média da década: 38,1 pontos (com pico de 41,3) na Grande São Paulo. A cada 10 aparelhos de TV ligados, cinco estavam sintonizados no JN. Público estimado em 7,7 milhões de pessoas somente na região metropolitana de SP. O jornalístico tem superado até os índices daquela que tradicionalmente é a atração mais vista no País, a novela das 21h da Globo (a primeira fase de Amor de Mãe terminou com média de 30 pontos).

O sábado costuma ser o dia da semana com menor audiência em geral na televisão. Mas ontem (21), o Jornal Nacional alcançou pico de 38 pontos, de acordo com dados prévios da aferição da Kantar Ibope. Foi mais uma edição quase monotemática com foco nas últimas notícias a respeito da pandemia de covid-19.

A exemplo do que ocorreu nas edições anteriores da semana, o telejornal exibiu vídeos de panelaços em protesto a Jair Bolsonaro realizados em várias cidades. Na sexta-feira (20), o presidente disse que a Globo faz campanha contra ele — e afirmou que, se o povo realizasse um panelaço contra o canal da família Marinho, “seria ensurdecedor”.

 

Fonte: Terra

 

Compartilhe com seus amigos

Adicionar comentário