.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

Pedidos de seguro-desemprego em Alagoas caem 44,3% em junho

O número de pedidos de seguro-desemprego em Alagoas teve uma redução de 44,3% no mês de junho, depois do pico que atingiu em maio. Os dados, divulgados nesta quinta-feira (9), são da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.

Em abril, foram registrados 5.687 pedidos do seguro no estado. Esse número saltou para 8.247 pedidos em maio e agora caiu para 4.593 em junho. Nos três meses estavam em vigor as regras mais rígidas de isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus.

Neste último mês, o estado atingiu o segundo menor número do Nordeste, atrás apenas de Sergipe, que teve 4.525 pedidos.

Alagoas também apresentou redução em junho na comparação com o mesmo mês de 2019, quando foram registrados 4.939 pedidos do seguro.

Outro dado que chama a atenção é a evolução do número de solicitações feitas pela internet, devido à pandemia do novo coronavírus. Em junho de 2019, Alagoas tinha apenas 5 pedidos feitos em ambiente virtual. Em junho de 2020, o número de pedidos on-line foi de 4.169 (90,8% do total).

Em todo o país, foram contabilizados 653.160 mil requerimentos, 32% a menos que maio, que registrou 960.309 mil pedidos, mas 28,4% maior que o verificado no mesmo mês do ano anterior, quando houve 508,9 mil pedidos.

Os dados nacionais mostram que quem mais procurou o serviço foram os homens (60,4%). A faixa etária mais registrada é de 30 a 39 anos, e o nível de escolaridade que predomina é de pessoas com o ensino médio completo (59%).

Os dados somam os pedidos feitos de forma presencial e pela web, através do portal www.gov.br ou por meio da Carteira de Trabalho Digital.

 

Fonte: G1/AL

 

Compartilhe com seus amigos

Adicionar comentário