.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

Pesquisador da Ufal explica previsão de colapso do sistema de saúde em Alagoas

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas está se dedicando a estudar a pandemia do coronavírus no estado e o sistema de saúde alagoano. Em estudo preliminar, o grupo tinha apontado como dia 15 de maio como a data para o pico e colapso no sistema hospitalar, caso não fossem inaugurados novos leitos. Com a entrega dos leitos, a previsão de pico foi adiada.

De acordo com o professor Sérgio Lira, em entrevista ao programa Cidade Alerta Alagoas, da TV Pajuçara, a nova previsão dos estudiosos é que no próximo dia 27 haja um congestionamento nos hospitais. “A curva cresce muito mais rápido do que a gente consegue expandir a capacidade de leitos. Por isso é necessário complementar isso com a intensificação do isolamento social”, disse o professor.

“A gente pode fazer previsões de cenários do pico, mas isso depende muito de como a população vai se comportar. Se a população relaxa, e a gente tem um baixo isolamento social, o pico vem mais cedo e vem muito alto. Muitas pessoas não poderão ser atendidas pelos hospitais. E isso vai provocar um grande caos no sistema hospitalar, consequentemente também no sistema funerário e vai aumentar muito a mortalidade causada pela covid-19”, explicou o pesquisador.

“Mas se a gente aumenta o isolamento social, a gente faz o chamado ‘achatamento da curva’. O pico vai demorar mais pra vir e quando vier, vai ter um pico menor, uma demanda menor de leitos e a gente vai ter mais possibilidade de atender às pessoas que precisam”, complementou.

Confira a entrevista completa:

Fonte: TNH1

Compartilhe com seus amigos

Adicionar comentário