.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

Santa Cruz Futebol Clube de Penedo completa 103 anos

FUNDADO EM 16 DE SETEMBRO DE 1917, o SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE, de Penedo, completa 103 anos de história.

Com 4 participações na 1° divisão Alagoana @fafalagoas 1974/1975/1976/1993, o clube não teve muito sucesso, totalizou nas 4 participações:

76 jogos
27 pontos
7 vitórias
13 empates
56 derrotas
37 gols pró
169 gols contra
Artilheiros:
Na década de 70: Xavier com 4 gols e em 1993, na sua última participação: @farley.pereira.58 com 4 gols

Sua melhor época, vem no início da história, em 1922 – CAMPEÃO do torneio estadual em homenagem ao 1° centenário da independência do Brasil. O Santa Cruz viajou, junto com seu ” rival ” @scpenedense no ( Navio ) ” vapor Canavieira, para a capital Alagoana. Lá, enfrentou os dois clubes da capital @csaoficial e @crboficial , vencendo por 1×0 os dois rivais e, aplicando uma goleada no clássico, 5×0 sobre o S.C PENEDENSE.

Azul-e-branco Santa Cruz Football Club, fundado em 16 de setembro de 1917 pelo industrial português Zeca Peixoto, para se contrapor ao Sport Club Penedense de seu irmão Fernando, alvirrubro e pioneiro em Alagoas, de janeiro/1909. Fomos, os do ‘Santa’, campeões do ‘Torneio do Centenário’, competição promovida em 1922 pelo governo federal país afora, para festejar os 100 anos da Independência do Brasil. Por oportuno: derrotamos, sem sofrer gols, os 3 concorrentes ao título disputado em Maceió: CSA, CRB e o ‘figadal desafeto’ Penedense.

Contaram-me testemunhas do evento(faz tempo, nos anos 1950), entre elas os saudosos e inesquecíveis Paul(despachante – nada a ver com ‘Pôl’ em inglês/francês; é ‘Pa-úl’ mesmo, sinônimo de ‘alagadiço’, ‘brejo’, ‘pântano’), João Pinheiro(encadernador) e Jaime Cabral(tesoureiro da Prefeitura), que envergaram a jaqueta do glorioso esquadrão na época do memorável feito: o retorno das delegações adversárias a Penedo ocorreu em navios distintos(inexistia conexão rodoviária) e o pessoal do Penedense desembarcou às escondidas, evitando sutilmente a incômoda festança dos conterrâneos vencedores.

Fonte: William Fonseca Moraes / Nilo Pinheiro / @historico_dos_clubes_al / Museu dos esportes / Casa do Penedo

Compartilhe com seus amigos

Comentários

  • Riquíssima matéria para os desportistas alagoanos e evidente para os amantes do futebol ribeirinho . Destaco os seus fundadores , homens de valores daquela época, que dedicaram sempre suas obras a bem da cidade de Penedo , coisa que em pleno século 21 , esta lacuna permanece sempre aberta , e a ausência de renovação de bons valores para esperança de nossa gente se perde no horizonte. E Penedo cada dia mais se consolida com a terra do que “já teve” , e ficamos só nas lembranças da velha e honrosa capital do baixo São Francisco.

  • Riquíssima matéria para os desportistas alagoanos e evidente para os amantes do futebol ribeirinho . Destaco os seus fundadores , homens de valores daquela época, que dedicaram sempre suas obras a bem da cidade de Penedo , coisa que em pleno século 21 , esta lacuna permanece sempre aberta , e a ausência de renovação de bons valores para esperança de nossa gente se perde no horizonte. E Penedo cada dia mais se consolida com a terra do que “já teve” , e ficamos só nas lembranças da velha e honrosa capital do baixo São Francisco.