.:: OparaNews ::. Penedo Alagoas

VAÍ COMEÇAR A SÉRIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2021, E O CSA ENCARA O NÁUTICO NO RECIFE

Com o título alagoano na bagagem, o CSA dá início à sua caminhada na Série B, nesta sexta (28). No Recife, o Azulão enfrenta o Náutico, às 21h30, no Estádio dos Aflitos. Com o objetivo de conquistar o acesso para a Série A, o time azulino começa a competição no mesmo lugar que terminou com a frustração do 5º lugar na última edição do Brasileirão.

O momento do CSA não poderia ser melhor. No último sábado (22), foi campeão estadual em cima do maior rival, nos pênaltis, e entra motivado na Série B. Começar o campeonato bem é fundamental para não bater na trave como em 2020, quando perdeu o acesso na última rodada. Na 38ª rodada, o adversário também foi o Náutico, no Recife. O empate de 1 a 1 manteve os alagoanos na B.

O Náutico também vive um ótimo momento. Foi campeão pernambucano no último domingo (23), em cima do Sport, nos pênaltis, e, também, vem embalado para a estreia no Brasileirão. Após uma campanha fraca em 2020, quando lutou para não ser rebaixado para a Série C, o time de Hélio dos Anjos quer brigar para voltar à Série A, que não joga desde 2013.

CSA

A equipe de Bruno Pivetti tem seu foco 100% voltado para a Série B, a partir de agora. Eliminado da Copa do Brasil, o CSA só tem pela frente o Brasileirão neste final de primeiro semestre. Com isso, o clube está determinado a conquistar o principal objetivo do ano: o acesso à elite do futebol brasileiro.

Para sua estreia na competição, Pivetti terá alguns desfalques importantes. O volante Geovane e os meias Bruno Mota e Gabriel não viajaram com o time. Enquanto o volante está suspenso por uma expulsão na eliminação na Copa do Brasil contra o Remo, Bruno Mota e Gabriel ficam de fora pelo desgaste físico da reta final do Estadual.

O artilheiro Dellatorre é dúvida. O atacante sofreu uma pancada nas costas no primeiro jogo da final do Alagoano que o tirou da partida decisiva. Durante a semana, passou por tratamento intensivo para estar à disposição. Após o título, Dellatorre explicou sua lesão.

“Foi uma contratura, graças a Deus não fraturou nada, mas o corpo reagiu de uma forma que prendeu, segurou, contraiu bastante a musculatura. Eu tentei treinar, não consegui. É ter tranquilidade e cabeça boa, porque sexta-feira tem a nossa estreia”, disse, em entrevista a Warner Oliveira, do Timaço da 98,3FM.

Iury deve substituir Dellatorre, caso o atacante não jogue. Sem seu meio de campo titular, Pivetti deve escalar Gabriel Tonini, Silas e Nadson na faixa intermediária de campo

O provável time do CSA é: Thiago Rodrigues; Norberto, Matheus Felipe, Lucão e Vitor Costa; Gabriel Tonini, Silas, Nadson; Aylon, Marco Túlio e Iury (Dellatorre).

NÁUTICO

Marcado inicialmente para o Estádio dos Aflitos, o Náutico se viu, por um momento, obrigado a jogar “fora de casa”, mesmo que no Recife. Sem alguns dos laudos prontos, a CBF decidiu tirar a partida dos Aflitos e marcar para a Arena Pernambuco. Porém, nessa quinta (27), o Timbu conseguiu os laudos, e o encontro entre pernambucanos e alagoanos voltou aos Aflitos

Para a estreia, Hélio dos Anjos tem uma dor de cabeça para montar seu meio de campo. Destaque do time nesta temporada, o volante Rhaldney sofre com dores nas costas e não tem presença garantida na equipe. Caso fique de fora, Hélio tem três opções para a posição: Luiz Henrique, Marciel e Matheus Trindade.

A provável escalação do Timbu é: Alex Alves, Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo, Bryan; Marciel (Rhaldney), Djavan, Jean Carlos; Erick, Kieza e Vinicius.

ARBITRAGEM

A estreia das duas equipes será comandada por um trio baiano. Emerson Ricardo de Almeida Andrade (CBF) será o árbitro principal. Ele será auxiliado por Paulo de Tarso Bregalda Gussen (CBF) e Daniella Coutinho Pinto (CBF). O quarto árbitro será o pernambucano Cesar Pereira Leite (CBF).

Compartilhe com seus amigos